A GASTRONOMIA DA NORMANDIA NÃO É MODA E É MUITO BOM ASSIM ...

A GASTRONOMIA DA NORMANDIA NÃO É MODA E É MUITO BOM ASSIM ...

O que pode sair de moda são os camarões quinua ... ou um hambúrguer de queijo real, com certeza!

Por outro lado, uma boa tripa à la mode de Caen, uma galinha au blanc de Cotentin ou o famoso pato au sang de Rouen ou mesmo a panela de Dieppe, sempre pediremos mais!

O futuro está na autenticidade, qualidade e respeito pelas harmonias humanas e naturais.

A culinária normanda é freqüentemente descrita como generosa, autêntica ou até gordurosa, velha demais.

Embora a moda seja vegana, sem glúten ou mesmo "light", na Normandia, é preciso admitir, a culinária não está em sintonia com os tempos.

Mas é justamente isso que atrai tanto os cariocas quanto os turistas: a boa cozinha tradicional da vovó. Pense em generosidade (não em calorias).

Em seguida, vêm as aves clássicas (galinha, ganso, patinho, codorna, peru etc.), miudezas (tripas, andouillette, por exemplo) e outras carnes de todos os tipos, como coelho ou porco.

Além do que comemos, também há muitas especialidades normandas que bebemos. Os mais conhecidos são a cidra e o calvados. Não devemos esquecer o perry e o pomo.

Para ser consumido com moderação, no entanto.